diary pages #53


Hi teddy bears,
E hoje o Peter faz anos. Sinceramente, pensei que seria pior para mim. O facto é que só ao fim da tarde me lembrei do dia que era realmente e nem aí me perturbou. Passei dias e dias a planear mentalmente a mensagem ideal para lhe enviar, de maneira a que ele ficasse perturbado mas que não o fizesse de maneira demasiado direta e hoje, chegado o dia, nem me ia lembrar do aniversário dele. Quando me lembrei, pus-me a pensar "mas ainda fará sentido enviar algo?". Dei automaticamente uma resposta: não. Depois ponderei se mandaria mensagem ou se simplesmente ignoraria. Mas logo de seguida pensei "vai saber-me bem receber um feliz aniversário dele daqui a uns dias, quando eu fizer anos, e poder responder de forma muito feliz". Então resolvi enviar uma mensagem. Peguei no telemóvel e depois não sabia se enviaria simplesmente "parabéns" ou se faria uma tentativa de perturbação. Ainda comecei a escrever umas palavras profundas mas não conseguiu sair-me nada de jeito. Apercebi-me que se tal aconteceu, é porque não faz mesmo sentido nenhum continuar a alimentar esperanças ou o que quer que fosse que ainda estivesse a alimentar. Então seguiu um "parabéns (:" e lá foi. Agora, que Dezembro me traga algo de bom.
With affection,
mary anne 

1 sweets:

{ cher } | segunda-feira, 03 dezembro, 2012 disse...

então princesa, como estás? melhor?

 

Copyright © 2010 day in day out All Rights Reserved

Design by Dzignine